Blog

Vivência urbana: implantação de hortas urbanas e melhoria da qualidade de vida nas cidades.

Vivência urbana: implantação de hortas urbanas e melhoria da qualidade de vida nas cidades.

Por: Tatiana Rolim e Márcio Rios

HORTA_URBANA_foto-inicio

A população atual tem evoluído em consistência com o respeito à natureza que envolve não apenas o meio ambiente, mas também uma definição mais abrangente, o bem estar físico e mental. Perceptível aos olhos da sociedade e do setor da construção civil, os espaços urbanos tem sido transformados em grandes palcos de convivência e transformação econômica. Assim sendo, as hortas urbanas surgiram como um conceito novo e aplicado pela engenharia como um recurso eficiente de minimização de impacto ambiental social e construtivo das edificações.

VG2As hortas urbanas podem estar inseridas em um contexto público ou privado, desde que preserve o contato e relação com o potencial produtivo da vegetação. Portanto, produções de pequeno porte como restaurantes, hotéis e supermercados adotaram a produção independente como solução econômica e sustentável. Pode-se citar o hotel paraibano Verde Green (João Pessoa, PB), fundado em 2008, que adotou em sua coberta um sistema simples de horta para produção interna (foto ao lado).

Internacionalmente, supermercados como Whole foods e Gotham Greens implantaram hortas orgânicas em estufas construídas na cobertura da edificação e são vendidas diretamente em suas lojas.

 Os primeiros projetos de hortas urbanas públicas foram introduzidos aos subúrbios e pequenas cidades, onde o papel da implantação transcendia o ambiental, e visava melhorar a integração dos moradores e solucionar conflitos sociais, como tráfico, criminalidade, dentre outros. O Five Borough Farm Phase, iniciado em 2009 (http://www.fiveboroughfarm.org/) é um projeto nova iorquino que possui três fases, onde a primeira foi implantada plenamente em 2012 e construiu sistema de hortas por inúmeros bairros da cidade, dentre eles: Brooklyn e Queens, bairros mais afetados. Na Inglaterra, o projeto The Incredible Edible Todmorden, introduzido na cidade de Todmorden que possui 17 mil habitantes, contou inicialmente com uma equipe de 6 pessoas e atualmente possui intervenção em 40 espaços, e oferece apoio a uma escola local.

                      proj1     proj2

Figura: Projeto Five Borough Farm Phase II

Adentrando aos efeitos da introdução das hortas urbanas no âmbito social e humano, nota-se de forma transparente a relevância de uma economia participativa nas cidades, e aumento da relação saudável entre os habitantes e os espaços urbanos. Os projetos contemplam a ocupação de espaços abandonadas gerando a recuperação de forma natural do ambiente, compostagem de resíduos orgânicos, diminuição dos problemas sociais, integração social, amplificação do espaço para novos projetos sociais de integração com escolas e clínicas de recuperação de jovens e idosos, geração de empregos, dentre inúmeras possibilidades.

031

No sistema construtivo atual, do ângulo de eficiência energética a umidade advinda da transpiração das folhas minimiza a temperatura local, a respiração celular das folhas diminui o carbono presente no ambiente melhorando a qualidade do ar. É uma alternativa que pode ser integrada ao uso de telhados verde em cobertas horizontais, pois além do conforto térmico propicia a produção de vegetais.

O cenário apresentado demonstra o caráter decisivo do estudo da evolução social e econômica no sucesso de execução de projetos na construção civil, os ganhos em qualidade de vida são incessantes. A importância de se introduzir e gerar novos modelos construtivos é evidente e o mercado da construção deve alinhar-se e se conduzir no sentido da evolução humana e de contato.

TAGS:

2 Comentários

2 respostas para “Vivência urbana: implantação de hortas urbanas e melhoria da qualidade de vida nas cidades.”

  1. Maju imai disse:

    Olá quero apresentar a vcs as mini cisternas verticais da waterbox, em formato slim, conceito e design sustentável são totalmente sinérgicas aos projetos de horas urbanas pois podem captar água da chuva em.espaços reduzidos. E integrar se perfeitamente a estética dos espaços urbanos. Como faço p apresenta-las a vcs? SDS Maju 11 55830652

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe uma resposta